CATARATA



A catarata é o embaçamento de uma lente do olho, chamado de cristalino que normalmente é claro e transparente, dificultando a chegada de luz a retina e diminuindo a visão.

De todos os sentidos a visão é o mais precioso, mas com a idade a catarata pode torná-la sem cor e embaçada, dificultando ou até mesmo impedindo a pessoa de realizar tarefas cotidianas como dirigir veículos, ver TV e ler.

Ainda que seja mais comum após os 60 anos, ela pode ocorrer em pessoas mais jovens, por diversas causas.

CATARATA

CATARATA

O tipo mais comum de catarata é relacionado ao envelhecimento natural do olho. Porém , outras causas da catarata podem ser:

• Genéticas
• Algumas doenças como diabetes
• Traumas no olho
• Medicamentos (corticosteróides)
• Exposição durante longo prazo aos raios solares sem usar proteção (óculos com proteção UV)
• Cirurgia ocular prévia
• Problemas sofridos durante a gravidez

Sintomas:
• A visão se torna borrada , sem cor
• Aumenta a sensibilidade a luz
• A troca da graduação dos óculos torna-se frequente
• A visão se torna dupla em um dos olhos
• Necessidade de luz mais intensa para ler
• A visão noturna fica muito fraca
• As cores se tornam amareladas

A Cirurgia:
A cirurgia de catarata está indicada quando há diminuição da visão útil que acaba dificultando as atividades habituais do indivíduo.
Depois de formada a catarata, a sua remoção cirúrgica , seguida do implante do implante de uma lente intra - ocular é a única maneira de se restaurar a boa visão.
A cirurgia de catarata se tornará necessária quando houver perda da visão a ponto das atividades cotidianas serem prejudicadas.
A rapidez com que se desenvolve a catarata é variável e imprevisível, dependendo de cada pessoa e poderá variar , inclusive entre os dois olhos.
Não existe outro método senão a cirurgia que tenha demonstrado capacidade de prevenir ou curar a catarata.
O resultado da cirurgia é altamente previsível , com recuperação rápida e, geralmente,sem necessidade de internação.
Isto tornou-se possível graças a especialização de seu médico oftalmologista em uma notável técnica chamada de FACOEMULSIFICAÇÂO. Essa técnica exige alta habilidade do cirurgião , porém essa cirurgia com evolução normal, leva cerca de 20 minutos.

CATARATA

Como é feita essa cirurgia com a técnica FACOEMULSIFICAÇÂO:

Seu cirurgião utiliza uma técnica especial que permite anestesiar o olho com gotas de colírio anestésico em substituição a anestesia local por injeção. Em alguns casos é feita uma leve sedação para que o paciente se sinta relaxado.
Logo a seguir insere-se uma microssonda de ultra- som na cápsula que envolve o cristalino opaco.
Com a microssonda conectada ao facoemulsificador o cristalino é fragmentado em partículas e aspirado do olho.Depois disso o cirurgião implanta uma lente intra - ocular dobrável no lugar do cristalino.
A cirurgia não tem sangue e, na maioria dos casos não são necessários pontos, pois, a incisão se fecha pela pressão natural do olho.
A permanência dentro do centro cirúrgico é de aproximadamente uma hora e meia , incluindo o preparo pré e pós operatório, a cirurgia e a recuperação pós cirúrgica.
Não há necessidade de curativo no olho operado, e geralmente , após breve recuperação pós cirúrgica o paciente recebe alta e vai para casa.
O uso do colírio anestésico elimina praticamente o inchaço e hematomas na região do olho operado e, em alguns pacientes, a visão já começa a ficar nítida logo após a cirurgia.
O retorno as atividades do dia a dia inicia-se já no dia seguinte, seguindo as recomendações do cirurgião.
As pesquisas demonstram que cerca de 98% dos pacientes apresentam melhora de visão após a cirurgia.

EXAMES NECESSÁRIOS :

1 - Exame oftalmológico geral, feito durante a consulta.
2- Pedido de avaliação clínica, que leva em consideração doenças sistêmicas, tais como:
diabete, pressão alta, problemas cárdio-respiratórios, história de alergia e impossibilidade do paciente permanecer em decúbito dorsal.
3 - Exame de Biometria: onde se determina o grau da lente a ser implantada.
4 - Avaliação da condição da retina e do nervo óptico, para prevenir ou esclarecer caso da existência de problemas atrás do cristalino, o que pode prejudicar o resultado cirúrgico esperado.
5 - Exames de rotina solicitados no pré -operatório:

• Hemograma completo
• Na +(Sódio)
• K+(Potássio)
• Uréia
• Creatinina
• Glicemia de jejum
• Eletrocardiograma
• Rx do tórax
• PA + Perfil
• Avaliação clínica

Expectativas:
Na técnica Facoemulsificação , sem complicações, espera-se o retorno às atividades no dia seguinte.A recuperação da visão é muito rápida e quase sempre é necessário o uso de óculos após a cirurgia.
Como em qualquer procedimento cirúrgico, existem riscos. Você e seu médico devem considerar os potenciais riscos e benefícios, e determinar se a cirurgia de catarata serve para o seu caso.